Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Arte e cultura, Escrever e pintar.
MSN -



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 orkut


 
Andreza de Castro: Livros Alice e Clara e Maria


Reflexões

    Luana fez análises muito interessantes baseadas na Filosofia. Observou muito bem cada universo, no contexto das personagens. Podemos viajar mais, questionar bastante as posturas e atitudes dos que fazem parte desta história. Nesse processo, a obra fica enriquecida, compartilhada, desnudada, e também nos tornamos partes do seu todo, pois filosofar é pensar, e filosofar sobre a obra é coexistir com seus homens e mulheres, é interagir com eles, descobrir detalhes ocultos de suas personalidades.

   Nesse sentido, Maria representa, para mim, a verdadeira ousadia; quem rompeu mesmo com tudo o que representava a segurança. Ela não tinha os tabus e os dogmas que rondavam a mente de Clara, resoluta, mas resignada mediante a situação de esposa de Filipe Camarão, comendador e herói, reconhecido pela sociedade.

   Já Filipe Camarão me intriga. Esse é um personagem marcante para mim por sua ambigüidade. Ele é o próprio dogma, na sua representação, naquilo que o define como a aceitação cega. Seria aquilo que Nietzsche considera como o que veste a camisa-de-força do dever e não consegue se livrar dela em nenhum momento de sua vida.

   No entanto, se revolta contra seu próprio rigor, do qual não consegue prescindir. Há um momento em que quase desiste da luta. Mas a força de tudo ao redor é mais forte que sua própria força de guerreiro. E Clara, sim, a própria Clara, zomba da situação em que ambos cairiam, derrotados, vitimados pela culpa dos "homens sem dever", desacreditados, desonrados. Mas ela reage pelas convicções de guerreira, ele, pelo medo da transgressão. Eis, na minha opinião, a diferença entre Clara e Filipe.

   Muitas ainda existem. As interpretações são livres. Venham, concordem, discordem! Vamos debater e interagir.



Escrito por andreza às 16h54
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]