Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Livros, Arte e cultura, Escrever e pintar.
MSN -



Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 orkut


 
Andreza de Castro: Livros Alice e Clara e Maria


Primavera

Embora os botões sejam parecidos, nenhuma rosa é igual à outra. O perfume que nos envolve, igualmente, nunca é o mesmo. O aroma doce e rubro que excita os sentidos tem significados bem diversos para cada um. O buquê se eleva e penetra suavemente a penumbra das cavidades nasais e invade o misterioso paraíso do ser. Traz à tona os universos de lembranças, de sensações, de amores, de alegrias, de tristezas.

Mas a rosa tem espinhos e também luta para sobreviver, para se elevar e ganhar espaço. Assim como Clara Camarão e Maria Quitéria, a Rosa Guerreira é doce e selvagem para nascer, crescer e revelar sua beleza, abrindo a roda viva do espetáculo das pétalas.

Ah! Doces mistérios! Elevo a taça de vinho rubro como o sangue e brindo à primavera que revela o poder das rosas da Grande Mãe. Em seu significado mais profundo, penetra com aromas renovadores a mente e o coração, trazendo prazeres incomparáveis.



Escrito por andreza às 15h50
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]